sábado, 23 de abril de 2011

Jeremias 1 - A Vocação Profética


Jeremias 1.1-10

1 Palavras de Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes que estavam em Anatote, na terra de Benjamim;

2 Ao qual veio a palavra do SENHOR, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá, no décimo terceiro ano do seu reinado.

3 E lhe veio também nos dias de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, até ao fim do ano undécimo de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, até que Jerusalém foi levada em cativeiro no quinto mês.

4 Assim veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:

5 Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta.

6 Então disse eu: Ah, Senhor DEUS! Eis que não sei falar; porque ainda sou um menino.

7 Mas o SENHOR me disse: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar, falarás.

8 Não temas diante deles; porque estou contigo para te livrar, diz o SENHOR.

9 E estendeu o SENHOR a sua mão, e tocou-me na boca; e disse-me o SENHOR: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca;

10 Olha, ponho-te neste dia sobre as nações, e sobre os reinos, para arrancares, e para derrubares, e para destruíres, e para arruinares; e também para edificares e para plantares. 


Versiculo 1

 

1 Palavras de Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes que estavam em Anatote, na terra de Benjamim;

O Profeta Jeremias era filho do sumo sacerdote Hilquias, que estava em Ananote, na terra de Benjamim, que fica ao lado de Judá. As terras de Benjamim são pequenas, comparadas a Judá.
Eu acredito que ser profeta em Benjamim deve ser bem mais facil do que ser em Judá, pois Judá é grande, e também não era a terra de onde vinha Jeremias, e em Judá ele não teria o apoio de seu pai que era sumo sacerdote.


Versiculo 2

 

2 Ao qual veio a palavra do SENHOR, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá, no décimo terceiro ano do seu reinado.


Primeiro período: durante o reinado de Josias (627 a 609 AC)
Com apenas oito anos de idade, Josias foi nomeado rei pelo "povo da terra", expressão que indica a camada rural da sociedade. No início deste reinado, Jeremias proclamou um julgamento contra Israel e Judá por causa de sua infidelidade a Iahweh e sua adesão a outros deuses (idolatria), especialmente os deuses que garantiam a fertilidade da natureza, os chamados baalim.

No âmbito internacional, a situação política está mudando rapidamente: a Assíria, grande potência da época, se enfraquece cada vez mais. Josias, já maior de idade, aproveita esse enfraquecimento para realizar ampla reforma e procura tomar o território que antes era do Reino de Israel Setentrional, e que pertencia à Assíria desde a queda de Samaria em 722 AC.

Josias deixa de pagar os impostos cobrados pelos dominadores e promove a reforma religiosa (cf. 2Rs 22,1-23,27), na qual tenta eliminar todos os ídolos do país e estabelecer novo relacionamento social centrado na Lei. Estranhamente Jeremias não faz nenhuma alusão a esta reforma social e religiosa.

Foi um período de prosperidade e otimismo, por isso Jeremias emite bom conceito sobre Josias (Jr 22,15-16).

Foram escritos neste período: Jr 2:1-4:4 e Jr 30.1-31:37.


Versiculo 3

 

3 E lhe veio também nos dias de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, até ao fim do ano undécimo de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, até que Jerusalém foi levada em cativeiro no quinto mês.

Segundo período: durante o reinado de Joaquim (609 a 598 AC)
Com a decadência da Assíria (queda de Nínive em 612 AC), outros povos entram no cenário: citas, medos, babilônios e também os egípcios que tentam ressurgir depois de um período decadente. Com isso, a Palestina volta a ser palco de disputas políticas e militares. Josias morre em Meguido, em 609 AC (2Rs 23:29), quando tenta impedir a incursão do Faraó Necao, que procura deter o avanço da Babilônia.
Necao depõe Joacaz, que sucedera Josias, e coloca no trono de Judá o despótico Joaquim. O povo detestava Joaquim, e Jeremias critica violentamente esse rei (Jr 22,13-19). É dessa época o famoso Discurso sobre o Templo (Jr 7,1-15; cf. cap. 26), que quase custou a vida do profeta.


Versiculo 5

 

5 Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta.


Na bíblia é falado em Matheus 22.14 que "Porque muitos são chamados, mas poucos os escolhidos, e Jeremias foi um escolhido por Deus, dado as nações por Profeta .
Jeremias foi escolhido por Deus desde o ventre de sua mãe, e foi santificado por Deus antes mesmo que saísse. Assim como foi na vida de Jeremias, hoje Deus faz da mesma forma na vida de muitos.


Versiculos 6

 

6 Então disse eu: Ah, Senhor DEUS! Eis que não sei falar; porque ainda sou um menino.

Jeremias disse a Deus, como é relatado no versículo 6 que ele ainda é uma criança. Quando Jeremias fala " Ah, Senhor DEUS! " é caracterizada uma lamentação, que faz parte do conceito de se humilhar. Jeremias temeu neste exato momento !
O motivo pelo qual Jeremias temeu foi simples. Ele era uma criança com a missão de ser Profeta em meio a uma Judá corrompida, sendo ele de Benjamim, estando já longe de seus pais. Ser Profeta em Benjamim seria mais fácil, pois as extensão de suas terras eram bem menores. Jeremias não era conhecido por ninguém a não ser por Deus.
Muitas vezes nas nossas vidas somos escolhidos por Deus para profetas, ou é derramada sobre as nossas vidas uma unção para fazer a vontade de Deus, seja como Levita, Pregador da Palavra, Pastor, Evangelista e etc, mas sempre tem alguém que está cego espiritualmente, e não quer reconhecer que somos chamados e escolhidos realmente por Deus.
Jeremias não sabia falar, e isso porque ele era 'filho do homem', 'uma criança'. Jeremias admitiu para Deus que ele não era capaz. Ele era falho, com pouco conhecimento e pouca sabedoria, assim como todo homem.

É necessário falar com Deus sempre que você não se sentir capaz, assim como fez Jeremias.

A palavra diz :

2 Coríntios 12.9-10
'' 9 e ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo. 10 Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco, então é que sou forte.''


Versiculo 7

 

7 Mas o SENHOR me disse: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar, falarás.

Quando Jeremias se colocou no lugar de homem frágil e fraco, o Senhor simplesmente
veio a responde-lo. Se Jeremias tivesse dito a Deus que ele era capaz, e que estava pronto para ser enviado, então Deus não capacitaria Jeremias, e se algo fosse sair da pessoa de Jeremias e não de Deus, ai só sairia cardinalidades. Era necessário que Jeremias se diminuísse.

"Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado."
(Lucas 14:11)

Deus não só afirma que falaria com Jeremias, o enviando, e o usando como Atalaia, mas também afirma que ele teria diante de Deus o mesmo valor do que um profeta mais velhos.


Versiculo 8

 

8 Não temas diante deles; porque estou contigo para te livrar, diz o SENHOR.

Em Jr 26 é relatado um acontecimento na história de Jeremias, em que ele é enviado por Deus para falar contra aquela casa, mas aqueles homens rejeitam a palavra do Senhor que vem pelo ministério do Profeta Jeremias, por ser uma exortação e não benção. Nesta passagem da bíblia, Jeremias entrega sua vida na mão daqueles homens após falar tudo quando Deus mandou, mas disse que se o matassem, eles estariam derramando sangue inocência sobre suas próprias vidas, então, eles temeram, e reconheceram Jeremias e autenticidade de sua palavra. Jeremias não temeu !

Jeremias 26.12-16


"12 Falou Jeremias a todos os príncipes e a todo o povo, dizendo: O SENHOR me enviou a profetizar contra esta casa e contra esta cidade todas as palavras que ouvistes.
13 Agora, pois, emendai os vossos caminhos e as vossas ações e ouvi a voz do SENHOR, vosso Deus; então, se arrependerá o SENHOR do mal que falou contra vós outros.
14 Quanto a mim, eis que estou nas vossas mãos; fazei de mim o que for bom e reto segundo vos parecer.
15 Sabei, porém, com certeza que, se me matardes a mim, trareis sangue inocente sobre vós, sobre esta cidade e sobre os seus moradores; porque, na verdade, o SENHOR me enviou a vós outros, para me ouvirdes dizer-vos estas palavras.
16 Então, disseram os príncipes e todo o povo aos sacerdotes e aos profetas: Este homem não é réu de morte, porque em nome do SENHOR, nosso Deus, nos falou."

Se você for enviado por Deus, e tem a convicção de que ele esta contigo, então, não temas, pois ele é fiel para te livrar e te justificar como enviado dEle.


Versiculo 9

 

9 E estendeu o SENHOR a sua mão, e tocou-me na boca; e disse-me o SENHOR: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca;

Estas palavras já falam por si mesmas. Deus capacitou uma criança, para fazer o dito "trabalho de adulto". Pois quando Jeremias disse que não era capaz, então com sua humildade ele foi exaltado, e Deus capacitou a ele para fazer sua vontade.
Deus disse "Eis que ponho MINHAS palavras em tua boca", ou seja, Jeremias a partir daquele toque não falaria mais por ele, e sim Deus em seu lugar. Jeremias a partir dali se tornava o Atalaia.

Versiculo 10

 

 10 Olha, ponho-te neste dia sobre as nações, e sobre os reinos, para arrancares, e para derrubares, e para destruíres, e para arruinares; e também para edificares e para plantares.

Deus deixa bem claro que Jeremias estava sendo colocado sobre os povos, reinos e nações como Profeta de Deus. Então Deus cita a Jeremias as suas funções como Profeta. O interessante é que Deus levantou Jeremias para "Arrancar, Derrubar, Destruir, Arruinar", ou seja, tarefas bem difíceis de serem realizadas, mas ele também foi levantado para "Edificar e para plantar".
Sabemos que hoje em dia existem ainda homens e mulheres de Deus, usados como Atalaia, assim como Jeremias, mas a diferença entre muitos profetas de hoje e Jeremias é que Jeremias tinha um amor imenso pelos homens, pelas vidas, pelas almas. Hoje em dia os 'profetas' tem orgulho de derribar e arruinar, mas Jeremias não tinha prazer nisso.
Quando é dito por Deus que ele foi levantado para "Arrancar, Derrubar, Destruir, Arruinar", acredito eu que Jeremias se sentiu mal, pois Jeremias se sentia ferido por ver seu povo se corrompendo. Tanto que ele escreveu o livro de Lamentações de Jeremias, onde ele mostra sua angustia por ver o estado do povo. Jeremias é chamado por muitos de "Profeta Chorão", pois escreveu Lamentações com 5 Capítulos e 154 versículos. Jeremias não tinha gosto em exortar, mas muitas pessoas hoje em dia parecem ter gosto quando Deus revela uma palavra de exortação para a Igreja.

Para o Servo de Deus, a ruína do povo é a ruína do Profeta !

Conclusão

 

Assim como Deus levantou Jeremias, uma criança para Profeta, Ele deseja levantar outros nos dias de hoje, pois o povo tem se corrompido como nos dias de Jeremias. Deus tem levantado uma nova geração de Profetas, e ele precisa de SERVOS que tenham HUMILDADE, FIDELIDADE, CORAGEM, AMOR FRATERNAL, QUE SEJAM DEPENDENTES para que então Deus possa envia-los. Jeremias só foi capacitado porque se fez humilde e pequeno. O futuro do escolhido também depende dele, pois é necessário estar a disposição de Deus, disposto a fazer a vontade dele, mesmo que isso valha a sua vida e que o leve a muitas lagrimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário